sábado, 20 de dezembro de 2008

IGREJA AUTÓCTONE – A BASE DAS MISSÕES NEO-TESTAMENTÁRIAS

(BASE DA PALESTRA PROFERIDA NO FÓRUM DE MISSÕES DA EMAD – DEZEMBRO/08, CAMPINAS – SP)

TEXTOS-CHAVE: AT 20.17-24, 31,34, 35
RM 15.20-24

PALAVRA-CHAVE: NÃO-ALCANÇADOS

TEMA CHAVE: IGREJA AUTÓCTONE

1. DEFINIÇÃO:
1.1. Que é oriundo de terra onde se encontra, sem resultar de imigração ou importação (Aurélio)
1.2. Diz-se da igreja estruturada dentro da sua própria cultura, sem observar as características da igreja a qual pertence o missionário que a estabeleceu. (geral)
1.3. Obreiro autóctone - Obreiro Nativo - indivíduo natural da terra onde vive.
1.4. Igreja autônoma – difere de igreja autóctone no contexto da Assembléia de Deus, como é visto no Brasil.
1.5. A Igreja autóctone adquire:
 Auto-imagem
 Autofuncionamento
 Autodoação
 Autodeterminação
 Autopropagação
2. COMO A ASSEMBLÉIA DE DEUS TORNOU-SE IGREJA AUTÓCTONE

2.1. Fundo histórico
2.2. 17 anos depois
2.3. 1ª Convenção Geral presidida por liderança nacional, em 1930

3. A ASSEMBLÉIA DE DEUS NO CONTEXTO DE MISSÕES

3.1. Dois anos depois
3.2. Com Daniel Berg
3.3. Décadas de 60 e 70

4. INTRODUÇÃO AO ENSINO DE IGREJA AUTÓCTONE, VISTA NO MINISTÉRIO DO MESTRE JESUS

4.1. Ele ensinou o princípio da transculturação plena
4.2. Fp 2.5-11
4.3. Transferiu a liderança, Jo 20.21
“Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós”. (Verbo gr. “pempo”, enviar. Cf. Mc 5.10!)
4.4. Não aceitou estabelecer seu reino na terra, Jo 18.36
4.5. Ficou entre nós o tempo suficiente para treinar líderes, Jo 14.19; 22; At 1.9-12!
4.6. Deixou registrado o MÉTODO DE DISCIPULADO: “FAZEI DISCÍPULOS”, Mt 28.19.

5. INTRODUÇÃO AO ENSINO DE IGREJA AUTÓCTONE, VISTA NO MINISTÉRIO DO APÓSTOLO PAULO

O MÉTODO PAULINO É ENFATIZADO (BASICAMENTE) SOB 3 PRINCÍPIOS:

5.1. O princípio do DISCIPULADO (O discipulado na visão de Jesus só é concluído com o treinamento de liderança, Jo 20.21)
 Princípio aplicado em Tito – Tt 1.5
 Princípio aplicado em Timóteo, 2 Tm 2.2 (Particularmente, chamo isso de “Visão 222”)
5.2. O princípio da prioridade aos NÃO-ALCANÇADOS, Rm 15.20; 2 Co 10.16
5.3. O princípio da consciência da guerra espiritual
 Rm 15.22
 1 Ts 2.18
 At 26.18 – esse princípio é claro na definição da chamada de Paulo ao apostolado (que veja na visão de Gilberto Pickering, em “Guerra Espiritual”, publicado pela CPAD)

6. O QUE FAZER, ENTÃO? (PONTOS PARA REFLEXÃO E DEBATE NO FÓRUM)

6.1. Conscientização
 Porque Jesus inaugurou (o princípio da igreja autóctone)
 Paulo fundamentou e
 A Assembléia de Deus se beneficiou
6.2. QUE SEMINÁRIOS DE TEOLOGIA E CURSOS DE MISSÕES ENFATIZEM
6.3. QUE A LIDERANÇA ABSOLVA (LIBERE ESSE PRINCÍPIO – ATÉ, ENTÃO, NO OSTRACISMO)
6.4. QUE A IGREJA ENTENDA (A IGREJA BRASILEIRA, ESPECIALMENTE A ASSEMBLÉIA DE DEUS)
6.5. E QUE NOSSOS MISSIONÁRIOS PRATIQUEM

7. CONCLUSÃO

2 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezado Pr. Cyro Mello,
A Paz do Senhor!
Estou passando por aqui, hoje, com a finalidade de registrar meus sinceros votos de um FELIZ NATAL e um PRÓSPERO ANO NOVO, extensivo aos seus familiares e a todos aqueles que lhe são afetos.
Deus continue abençoando seu trabalho em pról da nossa denominação a Assembléia de Deus e porque não dizer em pról do Reino de Deus como um todo.
Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto Silva
AD Cubatão
COMADESPE

Perfume da Amazônia disse...

Paz do Senhor!
Gostei muito da matéria.
ABraços
Josadarque ABreu